“Não podemos banhar-nos duas vezes no mesmo rio porque as águas nunca são as mesmas e nós nunca somos os mesmos”. O existir é um perpétuo mudar, um estar constantemente sendo e não-sendo, um devir perfeito; um constante fluir...

Se gosta seja amigo :) Namasté!

28 de março de 2011

Sentada no Topo do Mundo



De tempos a tempos...
Há uma sensação que me assola...algo que nem eu sei definir.
É como se voltasse a ser criança. Sem nunca o ter deixado de ser...
É como se subitamente me encontrasse adulta...tendo-me esquecido de crescer...
Vejo-me sentada no topo do Mundo...e os meus olhos abraçam tudo o que existe, muito para além das nuvens que persistem, muito para além das tempestades escuras e dos relâmpagos esfuziantes que rasgam a realidade aqui e ali.
Tenho saudades de algo que já vivi, de algo que tive...mas não aqui. E essa saudade é constante. Como se me tivessem privado de algo que é meu, algo que eu anseio sabendo que nunca vou ter...e mesmo assim...mesmo assim...


Sentada no topo do Mundo...o meu olhar abraça tudo o que existe. O meu coração galopa livre entre mundos. E o meu ser mergulha no todo...e voa como um raio de luz que se infiltra pelas copas entrelaçadas das árvores até finalmente se derramar na Terra húmida e perene...
E eu aguardo.
Já não procuro.
Seja o que for.
Se for meu para viver a mim regressará.

A criança quer lutar, quer continuar a procurar...o quê?
Há uma força, há uma chama que arde dentro dela, e ela não se deixa vencer.
A mulher olha sem ver...
Inspira fundo. 
Acalma a criança e decide viver.

Simplesmente viver.


Sentadas no topo do mundo elas vêm algo nascer...

3 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Somos todas o tempo todo em diversas dimensões. Por isso vez por outra nos encontramos com alguma parte por aí e então fica a impressão que relatou...
Belíssimo texto! Fiquei encantada.
Beijos
Astrid Annabelle

Siala disse...

Astrid, acertou lol ando entre mundos...entre dimensões...e por vezes torna-se complicado gerir rssss vamos fazendo o que podemos :)
Obrigada de coração!
Namasté!

welze disse...

para ler e depois fechar os olhos. que sensação boa. bom final de semana